Pontos turísticos da Serra Gaúcha

Os pontos turísticos da Serra Gaúcha incluem principalmente muita natureza, muita comida e, claro, muito vinho. Esse é um dos destinos mais românticos no país e também é ótimo para quem deseja ir no inverno e curtir um friozinho.
Além dos pontos turísticos, na região também tem alguns eventos importantes, como o Natal Luz de Gramado, que atrai muitos turistas a fim de presenciar esse evento mágico. Também tem o Festival Nacional da Uva, que acontece em Caxias do Sul e tem espetáculos de dança, degustações e desfiles de carros alegóricos.

 pontos turísticos da serra gaúcha

Pontos turísticos da Serra Gaúcha

A Serra Gaúcha, na verdade, compreende várias cidades, como você pode ver na imagem abaixo, mas aqui vamos falar das principais cidades turísticas da região. Vamos ver então quais são os principais pontos turísticos da Serra Gaúcha?!

Pontos turísticos da Serra Gaúcha

Gramado

Gramado é uma das cidades da Serra Gaúcha que mais atrai os turistas. A cidade tem ruas limpas, é repleta de hortênsias e tem uma grande estrutura de turismo, com muitos hotéis e restaurantes. Os principais pontos turísticos de Gramado são:

Lago Negro

Com uma natureza exuberante, o Lago Negro de Gramado é um dos principais pontos turísticos da Serra Gaúcha. Ao redor do lago de fundo verde escuro tem muitos pinheiros, hortênsias e azaleias.

 lago negro gramado

Lago Negro

É possível fazer uma caminhada ou pedalar pelas trilhas entre os pinheiros e se for um dia bonito você pode aproveitar o dia no lago passeando em um dos pedalinhos em forma de cisne.

Ao redor do lago também restaurantes, lanchonetes e uma pequena feira de artesanato.

Mini Mundo

Encante-se com o Mini Mundo e veja as réplicas de vários lugares do mundo reproduzidos aqui. Tem miniatura do Aeroporto de Bariloche, castelos europeus, casas, trenzinhos e muito mais.
Além das réplicas perfeitas, o parque também é lindo, com muitas flores e muito bem conservado. Esse também é um ótimo passeio para a criançada, com muitas atividades para elas.

mini mundo gramado

Mini Mundo

O ingresso para adultos custa R$28,00, crianças de 2 a 12 pagam R$18,00 e acima de 60 custa R$14,00. O parque abre diariamente das 9h15 às 17h. Para mais informações e para comprar o ingresso adiantado, acesse a página oficial do Mini Mundo.

O Reino do Chocolate

Para fechar a nossa lista com os locais imperdíveis de Gramado temos o local amado pelos chocólatras: O Reino do Chocolate. Aqui é possível conhecer um pouco da história do chocolate através de um passeio pelo reino.

No final do passeio é possível comprar chocolates e também sentar na cafeteria onde as poltronas são em formato de xícaras e as mesas são em formato de tabletes de chocolate.

O Reino do Chocolate abre todos os dias nos seguintes horários:
Domingos à Sextas-feiras: das 8h30 às 18h30.
Sábados e Feriados: das 8h30 às 19h30.

O ingresso custa R$12,00. Para mais informações, clique aqui.

Canela

Do ladinho de Gramado, Canela também abriga os principais pontos turísticos da Serra Gaúcha e também é cheia de beleza e romantismo. Canela também fica na região das hortênsias e possui os principais pontos turísticos:

Cascata do Caracol

A 7 quilômetros do centro da cidade tem o Parque do Caracol, um parque com 25 hectares de área que tem a Cascata do Caracol, o cartão postal da cidade e certamente um lugar que você deve visitar na região.

Você pode visitar o parque fazendo um passeio de trem ou caminhando por uma das trilhas dele. O parque é muito organizado e todas as trilhas são bem marcadas, com orientações para os turistas.

 cascata do caracol

Cascata do Caracol

É possível descer até a base da cacheira, mas é uma descida de 700 degraus, então não é indicada para pessoas sem preparo físico. No parque tem churrasqueiras cobertas com mesas e bancos e banheiros, sendo possível passar um dia no lugar.

Mundo a Vapor

O Mundo a Vapor é um dos principais pontos turísticos da Serra Gaúcha, principalmente para as famílias que tem crianças acima de 8 anos. Lá você vai poder conhecer sobre a história e as etapas do mundo a vapor.

No Mundo a Vapor tem miniaturas e também peças em tamanho real, como a reprodução do acidente ferroviário que aconteceu em Paris, quando a locomotiva desgovernada cruzou a estação em alta velocidade.

 mundo a vapor

Mundo a Vapor. Crédito: Arqueos Weiss via Wikimedia Commons

Os valores do ingresso são:
Adulto: R$ 28,00
Criança de 6 a 15 anos: R$ 14,00
Estudante: R$ 14,00
Acima de 60 anos: R$ 14,00.

Do dia 1º ao dia 16 de março de 2017 o Mundo a Vapor estará fechado para reformas. O horário de funcionamento muda de acordo com o mês e eles são:
Janeiro, julho e dezembro: diariamente das 9h às 17h.
Demais meses do ano: diariamente, exceto às quartas-feiras, das 9h às 17h.

Para mais informações, acesse o site oficial.

Bento Gonçalves

Chegamos na região dos vinhedos e Bento Gonçalves abriga os principais pontos turísticos da Serra Gaúcha quando falamos dos vinhos. As vinícolas são tão presentes, que é possível se hospedar em algumas delas, como a Pousada Villa Valduga, que fica dentro da vinícola Casa Valduga.

Os principais pontos turísticos de Bento Gonçalves incluem vinícolas e são várias, como a Vinícola Salton, a Vinícola Miolo e a Cooperativa Vinícola Aurora. Além das vinícolas, os outros pontos turísticos importantes da região são:

Maria Fumaça

O passeio que leva duas horas começa em Bento Gonçalves vai até a cidade Carlos Barbosa, com uma parada em Garibaldi. O passeio é animado, com grupos folclóricos percorrendo os vagões cantando e dançando.

O passeio começa com uma degustação de vinhos e termina com uma recepção regada a espumante e suco de uva. É necessário fazer a reserva do passeio com pelo menos 4 dias de antecedência e ela pode ser feita através do site do Giordani Turismo, empresa que faz o passeio.

E aí, curtiu os pontos turísticos de Bento Gonçalves?! Conta para a gente!


Pontos turísticos de Caldas Novas

Localizado em Goiás, Caldas Novas é um excelente destino para toda a família. Os pontos turísticos de Caldas Novas contam com parques aquáticos, jardins, lagos, compras e muito mais.

Para chegar em Caldas Novas você pode pegar um voo direto para lá ou pegar um voo para Goiânia e depois pegar um ônibus de Goiânia para Caldas Novas. São 172 km de distância e as empresas Nacional Expresso e Viação Parauna fazem esse trajeto. Também é possível ir de ônibus a partir de Brasília.

 pontos turísticos de caldas novas

Pontos turísticos de Caldas Novas. Crédito: Eric Gandolph, via Wikimedia Commons


Vamos ver agora os principais pontos turísticos de Caldas Novas?!

Pontos turísticos de Caldas Novas

DiRoma Acqua Park

Considerado o número 1 do Tripadvisor, o DiRoma Acqua Park é um dos maiores parques aquáticos da região. Na verdade, o parque é dividido em dois parques: o Acqua Park e o Splash. Ambos os parques são interligados, mas com atrações diferentes.

O Acqua Park é mais voltado para os adultos, com bares molhados, piscinas com água quente, hidromassagem, sauna, tobogãs e piscinas com ondas. Já o Splash é mais voltado para as crianças e essa parte do parque conta com piscinas infantis e pequenos tobogãs. Porém os adultos mais aventureiros podem se interessar também pelo Splash, já que lá tem tobogãs estilo kamikaze.

O DiRoma Acqua Park abre das 8h às 18h. A entrada pode ser comprada clicando aqui. Crianças menores de 7 não pagam a entrada e os demais valores são os seguintes:

Adultos: R$75,00;
Maiores de 60 anos: R$35,00;
Entre 7 e 11 anos: R$50,00.

Hot Park e Parque das Fontes

Localizado a 30 km de Caldas Novas, o Complexo Rio Quente é um dos principais atrativos de quem vai para a região, mesmo que não esteja em Caldas Novas. O complexo conta com diversas piscinas, corredeiras, tobogãs, bares molhados e muitos outros atrativos.

O Complexo conta com hotéis e tem duas atrações principais: o Hot Park e o Parque das Fontes. O primeiro tem mais atividades de aventuras, com os tobogãs, corredeiras, mergulhos e muito mais.

Já no Parque das Fontes tem bares aquáticos, quadras de tênis, piscinas naturais com água corrente e outras atividades ideais para quem busca relaxar e descansar. No site do Hot Park é possível comprar as entradas e saber mais sobre o parque.

 Hot Park

Hot Park. Crédito: Otávio Nogueira, via Flickr


Ao comprar as entradas é preciso ficar atento aos detalhes. O único passe que dá direito à entrada no Parque das Fontes é o Resort Pass, os outros passes só dão direito para entrar no Hot Park.

Existem valores diferenciados para grupos, famílias e passes individuais, quanto maior o grupo, maior é o desconto também. Comprando online é possível ter desconto na compra de alguns passes. Para mais informações, clique aqui.

Lagoa Termas Parque

O Lagoa Termas Parque é mais um dos parques de águas termais do local e também um dos principais pontos turísticos de Caldas Novas.

O parque fica a 9 km do centro de Caldas Novas e apesar de não ser o maior, vale um dia nele. O parque tem piscinas rasinhas para os menores, tobogãs e está crescendo cada vez mais, sempre com novidades.

Além disso, no Complexo Lagoa Quente é possível passear pelo centro histórico que foi preservado, podendo visitar o Espaço Bartolomeu e o monumento aos Bandeirantes.

No Lagoa Termas Parque também tem eventos, como gravações de shows ao vivo e você pode ver a programação pelo site oficial do parque. O Complexo também conta com uma boa infraestrutura, com hotéis e restaurantes.

Jardim Japonês

O Jardim Japonês é um lugar pequeno, mas cheio de tranquilidade e paz. Ele é originário dos templos budistas e é cheio de estátuas e plantas repletas de significados, como as tamareiras que significam a amizade e os cactos que representam os inimigos se disfarçando entre os amigos.

O local é lindo e não é à toa que é um dos principais pontos turísticos de Caldas Novas. É uma visita que com certeza você não vai se arrepender de fazer.

 jardim japonês

Jardim Japonês. Crédito: Viajor, via Wikimedia Commons


O Jardim Japonês está aberto todos os dias das 8h às 11h e das 13h às 17h e a entrada custa cerca de R$5,00.

Parque Estadual Serra de Caldas

Ideal para quem busca relaxar, o Parque Estadual Serra de Caldas conta com trilhas fáceis e cachoeiras de fácil acesso. Esse é um passeio ideal para quem busca fugir dos clubes e piscinas cheias de Caldas Novas.

O parque foi criado para proteger o principal ponto de captação da água da chuva que abastece o lençol termal da região. Além disso, diferente da maioria dos Parques Estaduais do Brasil, aqui você vai aprender mais sobre o cerrado.

O Parque Estadual Serra de Caldas está localizado a apenas 5 km do centro de Caldas Novas e abre de terça a domingo, das 8h às 17h. A entrada custa em torno de R$4,00.

Lago Corumbá

O Lago Corumbá abastece a Usina Hidrelétrica de Corumbá I e também é um dos pontos turísticos de Caldas Novas. No lago é possível fazer vários passeios náuticos, como passeios de barco, lancha, jet-ski, entre outras.

A área ainda tem pouca infraestrutura, mas já é possível encontrar restaurantes e bares pela orla. O Lago de Corumbá cobre uma área de 65 km quadrados e ao redor dele também tem cachoeiras, que você pode conhecer de jet-ski.

Feira do Luar

A Feira do Luar é uma feira gigante com muita variedade. Essa feira acontece há mais de 20 anos e tem cerca de 150 barracas em uma área de mais de 1000 metros quadrados.

Lá você vai achar comidas e doces típicos (e também outros tipos de comidas, como yakissoba, pizzas e salgados) e muito artesanato. Logo atrás da feira tem também um parque de diversões, sendo uma ótima programação para a criançada.

A Feira do Luar funciona de sábado a segunda-feira, das 18h às 23h. A entrada é gratuita e a feira é aberta ao público.

E aí, curtiu os pontos turísticos de Caldas Novas?! Compartilha com a gente 🙂


Pontos turísticos do Rio de Janeiro

Segundo o Ministério do Turismo, como você pode ver aqui, a cidade maravilhosa é um dos principais destinos turísticos do Brasil e por isso a gente não podia deixar de falar dos pontos turísticos do Rio de Janeiro.

 pontos turísticos do rio de janeiro

Pontos turísticos do Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro é uma cidade grande, mas que foca os principais pontos turísticos na Zona Sul, Centro e na região da Barra da Tijuca. É uma cidade relativamente cara quando você compara com outras capitais brasileiras, mas que possui atrações para todos os gostos.

Vamos ver alguns dos principais pontos turísticos do Rio de Janeiro?!

Pontos turísticos do Rio de Janeiro

Cristo Redentor

Esse é um dos mais famosos pontos turísticos do Rio de Janeiro e também do Brasil no exterior, isso se não for o mais famoso. A fama dele não é só pelo cristo que por si só tem 30 metros de altura com mais 8 metros de pedestal, mas também pela sua localização.

O Cristo Redentor fica no alto do Morro do Corcovado, que tem 700 metros de altitude, e o meio da Floresta da Tijuca, maior floresta urbana do mundo. Com tudo isso não é à toa que o Cristo Redentor é uma das sete maravilhas do mundo moderno.

 cristoredentor

Cristo Redentor

A melhor forma de conhecer o Cristo Redentor é indo pelo Trem do Corcovado, o ingresso varia de acordo com a temporada, ficando entre 60 e 75 reais. Crianças de 6 a 11 anos pagam 48 reais independente da temporada e acima de 60 anos pagam 24 reais em todas as temporadas também.

Para evitar filas, que podem ficar quilométricas na alta temporada, compre seu ingresso antecipadamente pelo site oficial do trem.

Também é possível ir com as vans credenciadas, elas saem da Barra da Tijuca, Paineiras, Largo do Machado e Copacabana. O valor varia de acordo com a temporada e com o local de saída. Para mais informações e para a compra dos tickets clique aqui.

Arcos da Lapa

Em um bairro conhecido pelo samba e pela vida boêmia, os Arcos da Lapa são mais um dos famosos cartões postais do Rio de Janeiro. Mas além do samba, também é possível encontrar shows de rock e MPB pelos bares, pubs e casas de show ao redor do local.

Programe duas idas aos Arcos da Lapa, uma durante o dia para ver os Arcos e uma durante a noite, para curtir a vida noturna da Lapa, porém é necessário ter cuidado. O local não é dos mais seguros, então não saia da avenida principal, não coloque nada nos bolsos de trás e fique sempre de olho em seus pertences.

 arcos da lapa

Arcos da Lapa

Em épocas de alta temporada e principalmente no carnaval pode ser difícil encontrar um local para sentar em um dos bares, mas não tem problema, muitas pessoas ficam na rua com as suas bebidas conversando e curtindo a noite.

Praia de Grumari

Uma praia menos conhecida pelos turistas, mas tão ou mais bonita que as praias da Zona Sul do Rio. Esse é um dos pontos turísticos do Rio de Janeiro mais afastados do centro e por isso nem sempre é fácil chegar.

Como ela fica em parte em uma unidade de proteção ambiental, tem um visual mais selvagem, com muito verde, o que faz dela ainda mais bonita e por ser mais deserta, ela é muito procurada por surfistas.

Por ser mais afastada só é possível chegar lá de carro e caso você vá evite ir aos finais de semana, pois o acesso pode estar engarrafado já que ele é estreito e muitas pessoas procuram as praias da Zona Oeste durante esses dias.

Jardim Botânico

Localizado na Zona Sul do Rio de Janeiro, em um bairro de mesmo nome, o Jardim Botânico é uma das áreas mais verdes do município com cerca de 6500 espécies de plantas distribuídas pelos seus 54 hectares.

Além de toda essa vegetação, no Jardim Botânico conta com monumentos, o Museu do Meio Ambiente, coleções de plantas, como a coleção de palmeiras, e um parque infantil. É um passeio para a família inteira.

 jardim botânico

Jardim Botânico

A entrada para adultos custa R$10,00, crianças até 5 anos não pagam e pessoas a partir de 60 anos, estudantes, pessoas com deficiência e jovens de até 21 anos pagam meia. Para mais informações clique aqui.

Praia de Copacabana

Para falar de uma praia mais isolada como a de Grumari, eu tinha que falar da praia mais conhecida do Rio de Janeiro, não é mesmo!? Não só do Rio de Janeiro, a praia de Copacabana é uma das praias mais famosas do mundo.

Durante todo o ano acontecem eventos na areia, como competições de vôlei e futebol. Além de shows, como a famosa queima de fogos em Copacabana no réveillon. Mas fora essas datas também é possível assistir uns showzinhos ao vivo pelos quiosques do calçadão.

 praia de Copacabana

Praia de Copacabana

Se você puder, prefira ir na praia nos dias de semana, pois aos finais de semana a areia pode ficar lotada e tudo acaba ficando bem mais caro também. Aproveite para dar uma caminhada indo até a praia de Ipanema ou para conhecer o Forte de Copacabana.

Museu do Amanhã

Localizado no centro, esse é um dos pontos turísticos do Rio de Janeiro com um ar meio futurista. O Museu do Amanhã nos leva a pensar sobre o nosso papel na Terra, alertando sobre os perigos das mudanças climáticas, da degradação ambiental e do colapso social.

Ele é um museu com arquitetura sustentável. O telhado, por exemplo, é composto com grandes estruturas de aço que sustentam placas de energia solar e essas estruturas se movem de acordo com a posição do sol.

 museu do amanha

Museu do Amanhã

O museu funciona de terça à domingo. Às terças a entrada é gratuita, nos demais dias a inteira custa R$20,00, maiores de 60 não pagam e jovens até 21 anos pagam meia. Existem ainda outras gratuidades e outras meia entradas.
Você pode conferir os preços e comprar seu ingresso clicando aqui.

Para saber mais sobre as exposições clique aqui.

E aí, curtiu os pontos turísticos do Rio de Janeiro!?